Divorcio Defensoria Publica

Divorcio Defensoria Publica

Divorcio Defensoria Publica – Como fazer o Divorcio pela Defensoria Publica

Veja o Passo a passo sobre como se divorciar utilizando a Defensoria Pública da sua região:

  1. Juntar os documento do casal (RG, CPF, Comprovante de Endereço, Certidão de Casamento e Comprovante de Endereço) e se tiver filhos, certidões de casamento;
  2. Juntar documentos de possiveis bens (matricula da casa, documento do carro, contrato de financiamento);
  3. Dirigir-se à Defensoria Pública no fórum/casa do advogado mais próximo da residência da mulher (o divórcio deve ser feito no domicílio da mulher.





Muitos clientes nos procuram todos os dias perguntando se somos advogados da Defensoria Pública – A Resposta é não, ou seja, somos advogados particulares e trabalhamos nos moldes da Tabela de honorários da OAB/SP:

http://www.oabsp.org.br/servicos/tabelas/tabela-de-honorarios

NÃO SOMOS ADVOGADOS GRATUITOS – NÃO SOMOS ADVOGADOS PÚBLICOS/DEFENSORIA – ESTE ARTIGO É MERAMENTE INFORMATIVO para as DEZENAS DE PESSOAS que enviam email ou ligam para saber como realizar o divórcio Gratuito – REITERAMOS, NÃO REALIZAMOS DIVÓRCIO GRATUITO E NÃO EXISTE DIVÓRCIO GRATIS VIA CARTÓRIO – CARTÓRIO COBRA TUDO!.

 

Caso tenha quaisquer Dúvidas sobre Divórcio, procure um advogado de sua confiança – caso não seja possível, procure a defensoria publica na sua região.

Ocorre que algumas pessoas precisam de atendimento gratuito e não sabem como conseguir esta assistência jurídica gratuita em sua cidade.

Como se Divorciar de Graça
Divorcio Defensoria Publica

O(s) interessados em fazer o Divorcio Defensoria Publica, podem procurar a Defensoria Pública de seu Estado e assim terão o atendimento gratuito de defensores públicos. Caso o interessado na assistência jurídica gratuita não more em uma cidade em que haja Defensoria Pública, ele pode ir até a Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) do município ou a Casa do Advogado para ser atendido por um profissional conveniado com a Defensoria.




Importante salientar que, para fazer o Divorcio Defensoria Publica, o interessado deve ter renda familiar de no máximo até três salários mínimos. Além disso, caso haja algum idoso, pessoa com deficiência, familiar que já foi preso ou mais de cinco membros na família, o limite de renda passa a ser quatro salários mínimos vigentes.

 

O(s) interessado(s) deve(m) levar até a Defensoria Pública, Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) do município ou a Casa do Advogado o(s) documento(s) pessoal(s), com os números do RG e CPF, carteira de trabalho, bem como comprovante de residência e de renda.

Abaixo o Site da Defensoria Pública de São Paulo – Procure o site da Defensoria do seu Estado e veja os locais de atendimento de seu município.

http://www.defensoria.sp.gov.br/

Abaixo o Site da Defensoria Pública do Rio de Janeiro:

http://www.defensoria.rj.def.br/

Abaixo o Site da Defensoria Pública de Minas Gerais:

http://www.defensoria.mg.gov.br/

Abaixo o Site da Defensoria Pública do Paraná:

http://www.defensoriapublica.pr.def.br/

Abaixo o Site da Defensoria Pública do Rio Grande do Sul:

http://www.defensoria.rs.def.br




NÃO SOMOS ADVOGADOS GRATUITOS – NÃO SOMOS ADVOGADOS PÚBLICOS/DEFENSORIA – ESTE ARTIGO É INFORMATIVO para as dezenas de pessoas que enviam email ou ligam para saber como realizar o divórcio Gratuito.

 

Abaixo listamos os tipos de Divórcio – No Brasil, existem diversos tipos de Divórcio, para saber quais são os tipos e qual a melhor modalidade para o seu caso, clique em Tipos de Divorcio

Divorcio Judicial – ocorre quando caso o casal tem filhos menores ou divórcio é litigioso (há discussão sobre o divórcio – uma das partes não quer, não há acordo sobre a guarda dos filhos, pensão, sobre venda de imóveis, bens, etc) – Assim, não poderá ser feito em Cartório, tendo que ser realizado de forma judicial, via Fórum.

Divorcio consensual – Caso o casal não tenha filhos menores e o divórcio é consensual, é possível realizar o divórcio em cartório de forma rápida (com a documentação em mãos em até um dia útil) e com um custo inferior e bem mais rápido que o Divórcio Judicial (consensual ou litigioso). Para a realização do Divórcio em Cartório, existem alguns requisitos, que são:

– Mútuo consentimento entre as partes (estão de acordo com todos os termos e condições do divórcio – já conversaram e estão de acordo);

– Ausência de filhos menores não emancipados ou incapazes do casal, bem como a cônjuge não pode estar grávida;

– Presença de advogado regularmente inscrito na OAB.

Consulte sempre um Advogado Especialista DE SUA CONFIANÇA!

Tire suas Dúvidas

Envie suas dúvidas, sugestões ou reclamações via formulário ou e-mail: contato@advbr.com.br